Currículo da Empresa Produtora

É uma associação de mais de 20 profissionais da área audiovisual. Desenvolve e viabiliza projetos audiovisuais nacionais e internacionais, especialmente para a televisão. Especializada em documentários, programas educativos e vídeos institucionais, o PACTO reúne talentos artísticos e técnicos que atuam há mais de dez anos na área, tendo produzido mais de 200 documentários veiculados em canais brasileiros e internacionais, tais como TV Cultura, TV Escola, GNT, STV, TVE, TV Futura, Discovery Channel, People and Arts, Canal+, ARTE, Sogecable, entre outros.

 


RESUMO DOS PROJETOS CONCLUÍDOS:

CLIP BRASIL (1996), série sobre vários aspectos da cultura popular brasileira veiculada nacionalmente pela Rede Cultura de Televisão.

SIGHTS AND SOUNDS (1997/98), série de cinco VTs exibidos com exclusividade na CNN.

EXPRESSO BRASIL (1ª fase – 1997 e 2ª fase – 2001), série de 27 documentários, produzida em colaboração com a TV Cultura. Os programas mostram as peculiaridades culturais de cada Estado brasileiro, a partir do ponto de vista de uma importante personalidade local.

OPARA: tão grande quanto o mar (1998), curta-metragem de 15 minutos veiculado pela TV Cultura. Co-produzido com a Parabólica Brasil, este documentário investiga o universo folclórico e a resistência cultural dos habitantes das margens do Rio São Francisco.

MESTRES DE OFÍCIOS (1998), série veiculada pela TV Cultura, TVE e TV Futura e produzida para o Sebrae Nacional, composta de 12 programas de 30 minutos que exploram a atividade artesanal em diversos estados brasileiros.

O BRASIL DO ARTESANATO (1998), vídeo de 60 minutos exibido no Carroussel do Louvre em Paris.

INDÚSTRIA CULTURAL (1998) série de 30 programas produzida para a Fundação Cultural São Paulo e o Sebrae-SP, veiculada na TV Cultura, na TVE e no Canal Universitário, abordando os mais variados campos de atividade ligados à cultura. Os programas são costurados por entrevistas com mais de 200 personalidades do cenário cultural brasileiro, como a atriz Fernanda Montenegro, o diretor de fotografia Afonso Beato, a cantora Elza Soares, o produtor musical Carlos Eduardo Miranda, o pintor Aguillar e o arquiteto Paulo Mendes da Rocha.

OSCAR NIEMEYER – O ARQUITETO DO SÉCULO (2000), co-produção para os canais People & Arts (BBC e Discovery) e ARTE. Durante o programa, que tem 52 minutos de duração, Niemeyer, um dos mais importantes arquitetos do século XX, fala de sua vida dedicada à arquitetura. O documentário viaja através do Brasil e da Europa, para mostrar os mais importantes trabalhos do arquiteto. Foi finalista do Emmy International Awards na categoria de Documentário de Arte, sendo considerado um dos oito melhores documentários internacionais do ano 2000. A versão internacional do documentário recebeu 13 prêmios internacionais.

OS BRASILEIROS
(2000), série produzida para o Discovery Channel, com dois programas e 52 minutos de duração. A série explora a multiplicidade de culturas e raças que caracterizam o povo brasileiro. É o primeiro documentário a investigar a história desta rica mistura – envolvendo nada menos do que quatro continentes: América, África, Europa e Ásia – que é o Brasil de hoje. Foi finalista do International Emmy Awards e considerado um dos oito melhores documentários de antropologia em todo o mundo no ano 2000.

 

SAMPOP - A NOVA CENA (2000), documentário de 52 minutos sobre a nova cena musical na cidade de São Paulo. Apresenta os diversos movimentos inseridos neste universo, entre eles o Rap e a música eletrônica, e investiga o conceito de cultura POP. Foram entrevistados artistas, críticos, jornalistas e produtores, entre eles: Eugênio Lima, Nelson Triunfo, Bia Abramo, Lúcio Ribeiro, Miranda, Primo Preto, Pedro Alexandre Sanches e João Marcelo Bôscoli. Uma co-produção com o Canal Azul.

NORDESTE FEITO À MÃO (2001), série de 11 documentários, com o objetivo de divulgar a riqueza da produção artesanal nordestina. Os primeiros nove programas (de trinta minutos cada) visitam todos os estados nordestinos, apresentando artesanatos em diferentes materiais:

PAULO COELHO – O ALQUIMISTA DA PALAVRA (2001), documentário de 52 minutos de duração para o canal People & Arts (BBC e DCLA) sobre a vida e obra do escritor brasileiro. É o próprio Paulo Coelho quem nos conduz através de sua trajetória, partindo da infância, passando pelo trabalho como compositor pop e discutindo sua consolidação como fenômeno literário mundial. O documentário acompanha o cotidiano de Paulo Coelho no Brasil e em viagens ao Irã e à Espanha, além de trazer depoimentos de críticos, escritores, leitores, familiares e amigos do escritor.

OS FILHOS DO SOL (2001), documentário de 52 minutos sobre a imigração japonesa na América Latina, produzido para o People+Arts com apoio da Fundação Japão. Tendo como foco Brasil e Peru, o programa explora a motivação das primeiras ondas migratórias, o impacto da Segunda Guerra Mundial nestas colônias e as ondas migratórias no pós-guerra. Finalmente, aborda a inversão deste fluxo migratório na década de 80, quando descendentes de japoneses no Brasil e no Peru voltam ao Japão em busca de prosperidade. Foram entrevistados imigrantes da primeira geração e seus descendentes, além de especialistas, como Célia Oi e Amélia Marimoto.  Foi finalista do Emmy Awards, 2002 e do New York Festival, 2003.

A ESCOLA QUE DÁ CERTO (2001 e 2002), série de 96 peças, veiculadas na TV Cultura, mostrando experiências educacionais bem sucedidas.

HISTÓRIA DO BRASIL (2002/2003), série realizada para a TV Escola, com sete documentários de 26 minutos, conduzidos pelo historiador Boris Fausto.

O PARAÍSO NA OUTRA ESQUINA (2003), documentário de 52 minutos para o canal Sogecable/CANAL+ da Espanha.  Apresentado pelo escritor peruano Mario Vargas Llosa, ele foi gravado no Peru, Taiti, França e Inglaterra. O tema é centrado na pesquisa para o novo livro do escritor sobre Flora Tristan e seu neto, o pintor Paul Gauguin.

DANÇA BOI, DANÇA (2003), documentário de 52 minutos sobre Parintins, realizado em co-produção com a produtora belga Clap D’Ort Films.

O UNIVERSO DO PETRÓLEO (2003), série de seis documentários de 30 minutos, uma co-produção com a TV PUC. A série mostra os mais diversos aspectos da relação entre o Brasil e o petróleo.

O SABER TRADICIONAL (2003), documentário de 52 minutos sobre a diversidade da medicina popular no Brasil, patrocinado pela Natura e exibido na TV Cultura.

O CAMINHO DE SANTIAGO DA COMPOSTELA COM PAULO COELHO (2003), DVD produzido para revista “Viagem e Turismo” da Editora Abril, com cem minutos de duração, contendo um documentário e várias faixas com dicas para peregrinos, história do Caminho e entrevista com Paulo Coelho.

MARIO VARGAS LLOSA (2004), documentário biográfico de 52 minutos realizado sobre a vida e obra do famoso escritor peruano, para o canal Sogecable da Espanha.

EL PEREGRINO DE COMPOSTELA (2004), DVD para a Editora Planeta, na Espanha, sobre Paulo Coelho e o livro “Diário de Um Mago”.

GERAÇÕES (2001 a 2004), programa televisivo semanal de 30 minutos, veiculado pela STV (Rede Sesc/Senac de Televisão). Apresentado pelo poeta Ferreira Gullar, aborda o processo de envelhecimento e as particularidades da vida na maturidade. Especialistas discutem temas como saúde, comportamento e mercado de trabalho, tendo como apoio reportagens externas.

PRETO CONTRA BRANCO (2004), um dos dois vencedores paulistas do DOC TV, uma parceria da TV Cultura com produtoras independentes, financiada pelo Ministério da Cultura (MinC). Posteriormente, recebeu o apoio do Jan Vrijman Fund para a realização de uma versão longa-metragem, finalizada em cinema. Além dos dois prêmios já citados, foi considerado o Melhor Documentário Internacional, pelo ReelWorld Film Festival, em Toronto, Canadá. Este documentário aborda a questão da diversidade racial através de um viés incomum e pouco provável: o universo de pessoas envolvidas em um jogo de futebol muito peculiar ocorrido todo ano na favela de Heliopólis, a maior de São Paulo. Produzido em 2004, com uma versão de 52 minutos para TV e outra de 79 em película.

RASTRO DIGITAL – A AVENTURA DA INFORMÁTICA NO BRASIL (2004), documentário de 26 minutos, vídeo institucional e clipe comemorativo de 30 anos para a empresa Cobra Tecnologia.

IYALODE – DAMAS DA SOCIEDADE (2005), documentário sobre as mães de santo de São Paulo, com duas versões, uma de 20 minutos e outra de 52 minutos. Projeto premiado pela Fundação Palmares e desenvolvido em co-produção coma STV – Rede Sesc/Senac de Televisão.

O HOMEM INVISÍVEL (2006) projeto premiado em 2004 pela Secretaria Estadual de Cultura do Estado de São Paulo; tem uma versão de 52 minutos com o mesmo título e uma versão cinematográfica em curta-metragem, intitulada Os Invisíveis.

TANTAS E TANTAS CARTAS (2006), curta-metragem de ficção, com duração de 15 minutos, patrocinado pela Petrobrás, baseado no livro com mesmo título da poetisa pernambucana, Deborah Brennand.

LETRAS VERDES (2005/06), documentário de 52 minutos sobre a vida e obra da poetisa pernambucana Deborah Brennand, patrocinado pela Petrobrás, para os canais educativos da rede pública brasileira.

A BARRA FUNDA PEDE PASSAGEM (2006), documentário de 26 minutos, realizado a partir do prêmio da Secretaria Municipal de Cultura em 2005. Com a colaboração dos integrantes da Escola de Samba Camisa Verde e Branca, o programa conta a história da Barra Funda a partir do início do século XX, quando a população negra se instala no bairro e o transforma em um dos berços do samba paulista.

CAPÃO REDONDO – SINTONIA DA QUEBRADA (2006), documentário de 26 minutos, realizado a partir do prêmio da Secretaria Municipal de Cultura em 2005. O bairro do Capão Redondo, na periferia de São Paulo, concentra mais de um milhão de pessoas. História, poesia, literatura, direitos humanos, movimento operário, mutirão de moradia, ditadura militar, hip hop e cordelistas são os ingredientes deste documentário que conta a trajetória de luta deste bairro, formado por imigrantes europeus e migrantes nordestinos: pessoas que olham o passado e agem no presente para construir o futuro.

IRRITANDO FERNANDA YOUNG (2006/2007), série de programas para o GNT apresentado pela escritora e roteirista de Os Normais. Em sua quarta temporada, Irritando Fernanda Young é um talk-show temático, centrado nas irritações do cotidiano. Fernanda Young conversa com seus convidados sobre aquilo que tira o bom-humor do dia-a-dia. O programa tem também cenas curtas de ficção que abordam com humor o tema central.

MESTRES DA LITERATURA (1ª fase: 2001 e 2ª fase: 2007), série realizada para a TV Escola em co-produção com a TAL – Televisão América Latina. Compreende onze documentários de 30 minutos sobre a vida e a obra de alguns dos mais importantes escritores brasileiros: Machado de Assis, José de Alencar, Lima Barreto, Graciliano Ramos, Guimarães Rosa, Mário de Andrade, Lygia Fagundes Telles, João Cabral de Melo Neto, José Lins do Rego, Carlos Drummond de Andrade e Rachel de Queiroz.

 
Tel: +55 11 3666-7303

R. Albuquerque Lins, 775 - Santa Cecília - cep 01230-001 São Paulo - SP
pacto@pactoaudiovisual.com.br

link para a home